Por que o Brasil é o 2º país com o maior número de crimes cibernéticos?

Quais são os motivos que fazem o Brasil ser tão atacado?

Atrás apenas da China, o Brasil é a 2ª principal vítima dos crimes cibernéticos. Dentre os crimes cometidos estão ataque de vírus, fraudes no cartão de crédito, vazamento de informações confidenciais e senhas, o phishing e extorsões.

Senhas compartilhadas

Um dos fatores que contribuem para os ataques são que muitas pessoas utilizam a mesma senha para todas as contas. Um estudo da Norton Cyber Security Insights Report 2017 diz que quase 60% dos brasileiros compartilham suas senhas com outras pessoas e 34% deixam escritas em papéis.

Isso também acontece no ambiente empresarial. Muitos dos colaboradores não têm o hábito de trocar suas senhas e costumam utilizar as senhas padrão que são geradas quando criam a conta.

Phishing

O phishing são mensagens falsas que utilizam os nomes e dados de empresas grandes, como PayPal, onde solicitam validações, atualizações ou confirmações de dados da sua conta com o pretexto de algum problema. Assim você é redirecionado a um site falso onde roubam seus dados.

Para evitar o phishing, é fundamental ter cuidado com anexos dos e-mails, verificar a URL dos sites, não fornecer informações confidenciais e ter um antivírus que escaneia os arquivos baixados.

Ransonware

Como já falamos nos artigos sobre Ransonware e Wanna Cry, esses são vírus criados por hackers que sequestram informações e cobram resgate. O Ransonware é o maior desafio do mercado de TI.

Uma das defesas contra o vírus é realizar backups dos dados da empresa periodicamente e ter um antivírus adequado. Ele deve ter bloqueio de comportamento e verificação em nuvem, para proteger contra novos malwares e também ataques sofisticados através de vulnerabilidades, como o dia zero.

O dia zero é uma vulnerabilidade desconhecida pelo fabricante e que os hackers aproveitam para atacar. Por isso, é fundamental que o antivírus tenha inteligência artificial heurística, que faça o bloqueio de acordo com comportamento duvidoso, emitindo um alerta de suspeita.

Esses e outros crimes podem ser prevenidos com softwares de gestão e segurança de dados. Também é fundamental treinar sua equipe para que eles não tenham comportamento de risco dentro e fora da empresa. Os funcionários são os maiores responsáveis por vazamento de dados, 43% das empresas que sofreram perdas de dados devido às ações – acidentais ou deliberadas – de seus colaboradores.

A BluePex® é especialista em Controle e Segurança da Informação, oferecendo as melhores soluções de proteção do mercado. Entre em contato conosco e conheça mais sobre os nossos produtos!


Quer ficar sempre protegido?

Assine nossa newsletter