Licenças Microsoft: Como se manter protegido da fiscalização

Você sabia que a Microsoft aumentou a fiscalização no Brasil? Centenas de empresas estão caindo em sua malha fina por conta de licenças da Microsoft. Aproximadamente 60% das empresas podem ser auditadas. Ou seja, se sua empresa ainda não passou pela auditoria, logo irá passar.

Uma das grandes dificuldades enfrentadas com relação a licença Microsoft é não saber quais são as máquinas que estão com a licença em dia ou que estão vencidas.

Quais são os riscos de ficar com a Licença Microsoft vencida ou pirata?

Segundo a  ABES (Associação Brasileira de Empresas de Software), a multa por softwares em estado irregular pode chegar até 3.000 vezes o valor de cada sobre cada um instalado. Além disso, é um crime punível com pena de 6 meses a 4 anos. Todos os envolvidos, do usuário ao dono da empresa podem responder por processos.

Inventário de TI: a solução para descobrir a Licença Microsoft vencida!

A solução para descobrir qualquer irregularidade em licenças é o inventário de TI.  Com ele é possível identificar o status de cada ativo. É preciso ser bem detalhista ao criar ou atualizar o inventário de TI para que nada passe pelo radar.  Com o inventário de TI pronto, é preciso buscar informações do licenciamento de cada máquina e software, além de suas notas fiscais.

Uma dica importante para que nada saia do controle, é criar políticas de rede que não permitam a instalação de softwares sem autorização. Além de tudo, indicamos a instalação de uma ferramenta para a criação do inventário de TI, assim você não precisa se preocupar cria-lo ou atualizá-lo manualmente.

A BluePex® Endpoint Control automatiza o inventário de hardware e software. É possível o acesso remoto de todos os endpoints, também é responsável por realizar o monitoramento em tempo real das vulnerabilidades dos dispositivos.

Quer saber mais sobre as soluções da BluePex® ? Fale com um de nossos especialistas.

Quer ficar sempre protegido?

Assine nossa newsletter